anuncios boo-box clique aqui

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Estagio Facil

O estágio é uma oportunidade única que o estudante, seja ele universitário, seja ele do nível técnico ou do ensino médio, deve aproveitar ao máximo. A vivência de sua profissão, as aplicações práticas dos conhecimentos adquiridos em sala de aula e o convívio com profissionais da área traz incontáveis benefícios para o futuro profissional. Além de ampliar seus conhecimentos sobre sua futura área de atuação, o estágio permite que o aluno saia do "ambiente teórico" e respire o mundo dos negócios, os conflitos e problemas reais de uma empresa e as complexas relações presentes em um ambiente profissional. Ao fazer um estágio, o aluno soma incontáveis pontos em seu curriculum, pontos estes extremamente valiosos na conquista de um emprego após sua formação.



Seja algo obrigatório em seu curso ou não, avalie cuidadosamente a possibilidade de se fazer um ou mais estágios. Você certamente nos dará toda razão no final.

qualquer outra duvida acesse o site http://www.estagiofacil.com

sábado, 2 de outubro de 2010

Dicas para se dar bem numa entrevista de emprego

Você fica um pouco nervoso, mas tem que se segurar porque senão não consegue passar”, diz William de Paula, desempregado.

“Você não sabe o que dizer e fica perdido na hora da entrevista“, comenta Aguinaldo Passos, desempregado.

Tudo começa com um bom currículo, enviado antes. Lembre-se:

- tem de ser feito em papel branco e com no máximo duas folhas;
- nada de letras coloridas;
- informe o endereço, telefone e e-mail;
- informe os últimos empregos por onde passou, três ou quatro, e porque saiu;
- foto e salário, só se a nova empresa pedir.

Após a aprovação do currículo, começa outra fase. Encare como uma nova seleção.

Quando chegar para a entrevista desligue o celular, antes mesmo de entrar na sala. Se o telefone toca revela falta de compromisso.

Chiclete e bala nem em pensamento. A partir de agora é o seu comportamento que vai determinar se você merece a vaga. Muito pouco da sua experiência profissional vai ser levado em conta nesse tipo de seleção.

Atenção em como agir:

- cumprimente o selecionador com um aperto de mão;
- chame-o pelo nome somente se ele pedir;
- não fique olhando para os lados;
- responda só o que for perguntado.

As perguntas mais comuns são:

Por que você quer o emprego?
Nunca diga que é por causa de problemas pessoais. “Mostra que ele não está envolvido com a empresa. Todo candidato tem contas para pagar e precisa do emprego. Ele tem que convencer a empresa que através do currículo dele, das habilidades dele e do histórico profissional, ele pode oferecer um serviço que vai valer a pena para a empresa contratá-lo”, explica Flávia Mentoni, coordenadora do programa de Orientação para o Trabalho.

Qual cargo você quer? Qual a sua pretensão?
Seja objetivo. Nunca responda que qualquer coisa serve. “Demonstra falta de valorização pessoal e de objetivo pessoal também”, diz Mentoni.

Um centro de treinamento em São Paulo dá aulas de como se comportar numa entrevista. Setenta e cinco por cento dos trabalhadores confessam não estar preparados. “Falar bem de você mesmo todo mundo fala, agora o seu mal, todo mundo se enrola...”, diz William de Paula, desempregado.

“Transformar os defeitos dele a favor dele e não contra ele. Nós sempre orientamos a falar qualidades em excesso, por exemplo: ‘sou uma pessoa muito detalhista’, ‘extremamente ansiosa’, ‘eu quero resolver as coisas rápido demais’, ‘eu fico ansiosa se eu não termino uma tarefa no dia que me foi pedido’. Estes são exemplos a favor dele e não contra ele”, explica Izilda leal Borges, gerente de atendimento ao empregador.

Vagas para concursos publicos

O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) abre nesta sexta-feira (1) as inscrições do concurso público para 253 vagas - 164 de nível superior e 89 de nível médio. Os salários vão de R$ 1.678,28 a R$ 7.563,01 (veja aqui o edital).

Confira lista de concursos e oportunidades


Os cargos de nível superior são de analista executivo e pesquisador tecnologista, cujo requisito para a inscrição é diploma de instituição universitária reconhecida pelo MEC, de acordo com as áreas específicas do concurso.

O salário de analista executivo varia de R$ 5.964,34 a 7.563,01; de pesquisador-tecnologista, de R$ 5.964,34 a 7.563,01. Já o de assistente executivo em metrologia e qualidade varia de R$ 1.678,28 a 2.900,51; e o de técnico em metrologia e qualidade, de R$ 1.678,28 a 2.900,51.

Para os cargos de assistente executivo e técnico em metrologia e qualidade os requisitos são, respectivamente, diploma de conclusão de nível médio e de curso técnico em várias áreas.

A maioria das vagas é para o Rio de Janeiro, mas há chances para o Rio Grande do Sul, Goiás e Distrito Federal, onde o candidato será efetivado em uma das agências regionais do Inmetro. Os aprovados para o Rio de Janeiro serão lotados na capital ou no distrito de Xérem, em Duque de Caxias, conforme as necessidades da instituição.

Das vagas de nível médio, 10 são para assistente executivo em metrologia e qualidade e 79 para técnico em metrologia e qualidade. De nível superior as vagas são distribuídas em 40 para analista executivo e 124 para pesquisador-tecnologista.

As áreas do cargo de analista executivo são as seguintes: assistente social (1); avaliação de conformidade (10); ciências contábeis (8); estatística (2); gestão pública (15); medicina cardiologia, ortopedia e traumatologia, psiquiatria e do trabalho (4).

Já para pesquisador, as oportunidades serão para as áreas de acreditação (17); análise de requisitos e qualidade de software (2); arquitetura de soluções de softwares (2); articulação internacional (3); ciência da computação (2); ciências econômicas (5); desenvolvimento de sistemas (2); educação à distância (4); engenharia civil, elétrica, eletrônica, mecânica, produção e segurança do trabalho (19); gestão da informação (2); governança de tecnologia da informação (2); infraestrutura e redes de tecnologia da informação (2); informática aplicada à metrologia legal (3); instrumentação em dinâmica dos fluidos (1); metrologia (43); microscopia eletrônica e forense (4); psicologia (1); recursos humanos (7) e tecnologia e inovação (3).

Para técnicos, as áreas são as seguintes: biotecnologia (4); contabilidade (2); elétrica (5); eletrônica (4); edificações (1); instrumentação (5); mecânica (5) e metrologia (53).

As inscrições devem ser feitas de 1 a 21 de outubro pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/inmetro2010/. A taxa é de R$ 60 para cargo de nível médio e de R$ 120 para cargo de nível superior.

A seleção para os cargos de nível superior terá provas objetivas e discursiva, avaliação de títulos e experiência profissional. Para nível médio haverá provas objetivas e avaliação de títulos e experiência profissional.

Os exames serão realizados nas 26 capitais dos estados e no Distrito Federal.

As provas objetivas, para os cargos de nível superior, terão a duração total de 4 horas e a prova
discursiva, para os cargos de nível superior terá a duração total de 3 horas e serão aplicadas na data provável de 12 de dezembro, nos turnos da manhã e tarde, respectivamente.

As provas objetivas, para os cargos de nível médio, terão a duração total de 3 horas e serão aplicadas na data provável de 12 de dezembro, no turno da tarde.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010